Prêmio Nelore Fest 2011


Circuito Boi Verde 2011 comprova potencial genético da raça Nelore.
Nelore Fest 2011

Campeonato mostra mais uma vez que a raça Nelore aliada ao melhoramento genético produz animais precoces, bem acabados e ideais para a indústria frigorífica.
Ontem, uma empreitada pioneira, hoje, um importante instrumento para o produtor avaliar a sua eficiência em atender os padrões demandados pelo mercado e de auxílio para a busca de melhor rentabilidade. Assim pode ser definido o Circuito Boi Verde de Julgamento de Carcaças, lançado pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) em 1999. Configurado sob a forma de campeonato, a avaliação dos animais participantes tem sido utilizada como ferramenta pedagógica e indicativa das condições do rebanho nacional e das peculiaridades de cada região, visando dar subsídios para uma produção eficiente e rentável. No decorrer do tempo o campeonato ganhou força, visibilidade e respeito, sempre contando com a participação de quem realmente confia em sua proposta: os pecuaristas.
O campeonato já está em sua 9ª edição e em 2011 realizou seis etapas nos estados do Acre, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e uma no Paraguay. Foram avaliados e abatidos 3.230 animais, deste total 81,79% possuíam até dois dentes, 93% apresentaram acabamento de gordura mediano e uniforme e 85,4% pesavam entre 17 e 21 arrobas.
Ao todo foram seis propriedades vencedoras nas etapas realizadas e os grandes campeões do Circuito Boi Verde foram premiados na Nelore Fest 2011, evento realizado em dezembro, na capital paulista. Na categoria Melhor Lote de Carcaças a campeã foi Agropecuária Baumgart, Fazendas Reunidas, localizada em Rio Verde (GO) e na categoria Melhor Compra de Boi o vencedor foi a equipe do Marfrig Group, da planta de Bataguassu (MS).

  Lote Campeão  

 

Etapa em Mineiros (GO).

Realizada em novembro, no Frigorífico Marfrig Group, a 6ª etapa do campeonato abateu 482 animais de cinco criadores. Deste total, 80,08% possuíam até dois dentes, 79,5% pesavam entre 17 e 21 arrobas e 73,4% apresentaram gordura mediana e uniforme. A Agropecuária Baumgart, Fazendas Reunidas, localizada em Rio Verde (GO), participou com dois lotes formados por 120 animais, cada um, e conquistou o primeiro e segundo lugar com 11.030,25 e 10.821 pontos, respectivamente.
A propriedade trabalha com a raça Nelore há mais de 20 anos no sistema de cria, recria e engorda. Possui mais de 20 mil cabeças de gado e além de produzir animais de corte produz touros e matrizes PO para abastecer a própria fazenda. Prêmio"Participar da etapa comprovou o conhecimento que nós criadores já tínhamos. Mostrou que a raça Nelore é muito produtiva e rentável", explica Nelson George Wentzel, gerente administrativo e zootecnista que trabalha na propriedade há 12 anos.
Esta etapa chamou a atenção dos organizadores pela qualidade dos animais apresentados para o abate. Todos novos e bem acabados. Guilherme Alves, coordenador do campeonato e gerente de produtos da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), considerou o vencedor como o melhor lote de carcaça do Brasil. Para Rafael Teixeira, técnico da Nelore do Brasil, “A etapa de Mineiros provou que com melhoramento genético e nutrição o Nelore atinge índices de peso, idade e acabamento de carcaça bem abaixo da média nacional. Animais jovens de até dois anos, pesando acima de 19 arrobas e com acabamento de gordura mediano (3 a 6 mm) foi o que mostrou o lote campeão da etapa”.

Nelore_Fest_01 Nelore_Fest_14 Nelore_Fest_16